Sábado, 24 de agosto de 2019
34 9 9697-4985
Esportes

19/01/2019 às 14h57

120

Redacao

Iturama / MG

CBF anuncia amistoso do Brasil contra a República Checa, em Praga, em 26 de março
A Seleção entrará em campo duas vezes no mês de março
CBF anuncia amistoso do Brasil contra a República Checa, em Praga, em 26 de março

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta sexta-feira que a República Checa será um dos adversários que o Brasil enfrentará nos amistosos de março, preparatórios para a Copa América deste ano, que será nos meses de junho e julho, em solo nacional. A partida foi confirmada para o dia 26 de março, uma terça-feira, na cidade de Praga.


O jogo será realizado em um dos estádios mais moderno da República Checa: a Eden Arena, com capacidade para 21 mil torcedores e administrada pelo Slavia Praga. O horário ainda será definido. "É um adversário que traz as características que a comissão técnica deseja para esse período de preparação visando a Copa América. Além disso, as estruturas de treinamento e jogo são ótimas e oferecem todas as condições", destacou Edu Gaspar, coordenador da seleção principal.


O Brasil entrará em campo duas vezes no mês de março. As informações sobre a outra partida desta data Fifa serão divulgadas nos próximos dias pela CBF. O dia da convocação para esses compromissos também será anunciado em breve. 


Na Copa América, de 14 de junho a 7 de julho com 12 seleções - Catar e Japão são convidados da Conmebol -, o Brasil fará a sua estreia no estádio do Morumbi, em São Paulo. O sorteio dos grupos será na próxima quinta-feira, a partir das 20h30, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. 


HISTÓRIA - O duelo em Praga será o segundo do Brasil na história contra a República Checa. Na única partida registrada até hoje, a seleção venceu por 2 a 0, em 19 de dezembro de 1997, pela semifinal da Copa das Confederações, no estádio Rei Fahd, em Riad, na Arábia Saudita. 


Dados da Gerência de Memória e Acervo da CBF mostram outros 17 jogos entre Brasil e Tchecoslováquia, país que, em agosto de 1992, foi dissolvido para a criação das nações da República Checa e da Eslováquia. Contra os checoeslovacos, a seleção tem 9 vitórias, 6 empates e 2 derrotas - com 27 gols a favor e 14 contra. Entre estes triunfos está a final da Copa do Mundo de 1962, no Chile, quando o time comandado por Garrincha foi bicampeão com uma vitória por 3 a 1. 

FONTE: O Dia/Lucas Figueiredo / CBF

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium