Quinta, 13 de dezembro de 2018
34 9 9697-4985
Cidades

28/11/2018 às 07h55

89

Redacao

Iturama / MG

Promotor de eventos de Uberaba é acusado de dar golpe em Frutal
O evento aconteceria no Parque de Exposições de Frutal no próximo sábado (1º)
Promotor de eventos de Uberaba é acusado de dar golpe em Frutal

Proprietário de empresa de entretenimento e promotor de eventos de Uberaba foi denunciado à Polícia Militar por dois locutores de rádio de Frutal (MG), a 130km de Uberaba. No registro da ocorrência eles alegaram ter sido vítimas de estelionato consumado ao estabelecerem parceria para a realização de show da dupla Chrystian&Ralf naquela cidade. 


O evento aconteceria no Parque de Exposições de Frutal pelo valor de R$76 mil, para a contratação dos artistas e estrutura. O show, que foi cancelado, aconteceria no próximo sábado (1º). O denunciado já teria recebido cerca de R$40 mil dos frutalenses para depositar na conta da agência fornecedora do show. No entanto, teriam sido repassados apenas R$8 mil à empresa.


Os radialistas já acionaram advogado para acompanhar o caso. De acordo com relato de um dos radialistas, o empresário de Uberaba é que teria oferecido a parceria. Conforme relato dos radialistas à PM, o empresário seria o responsável pelo contato com a agência fornecedora do show, com a qual teria firmado contrato em seu nome. Inicialmente, no fim de agosto e posteriormente no início de setembro, os dois radialistas teriam depositado cada um a quantia de R$2,5 mil na conta corrente do empresário, quantias referentes à primeira parcela do show da dupla.


Em seguida, no dia 18 de outubro, as vítimas depositaram a quantia de mais R$8 mil na conta da agência produtora do show, como sendo um complemento da segunda parcela referente ao contrato do show. Depois, de acordo com registro policial, no dia 9 de novembro os dois radialistas depositaram mais R$16.980 na conta do empresário, sendo que esta quantia seria referente ao restante da segunda parcela do show dos artistas, a qual deveria ser repassada pelo empresário à agência produtora. Além disso, um montante no valor de R$15 mil, referente à venda de ingressos, também teria sido depositado na conta do suspeito.


Na última sexta-feira (23), os locutores passaram a desconfiar das atitudes do empresário, que insistia para ambos desistirem do evento por receio das condições climáticas. Desta forma, os frutalenses realizaram contato diretamente com a agência produtora da dupla, que informou que apenas R$8 mil haviam sido pagos. Devido a este montante e em virtude da falta de pagamento do restante das parcelas previstas no contrato, a empresa informou que o show havia sido cancelado desde o dia 12 de novembro, informação esta que os frutalenses desconheciam. 


Os radialistas realizaram contato com o suspeito para questionar sobre o motivo do não-repasse do restante do dinheiro à agência produtora do evento. Ele teria relatado que iria ressarcir os radialistas a partir do dia 4 de dezembro (próxima terça-feira), mas não teria informado o porquê de não ter repassado a quantia depositada em sua conta particular à agência da dupla.

FONTE: JM Online

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium