Quarta, 23 de Setembro de 2020
34 9 9697-4985
Anúncio
Brasil Em definitivo

Classe comemora: Governo aprova nova altura para Carretas Boiadeira que transportam animais vivos

.

12/12/2019 18h04
591
Por: Redacao Fonte: Diário do Triângulo
Miriam Freitas
Miriam Freitas

O Ministério da Infraestrutura, por meio do Conselho Nacional de Trânsito, publicou nesta quinta-feira, 12, a deliberação n º177, que modifica para 4,70 metros a altura máxima de veículos que transportam animais vivos (carga semovente).

"Dia histórico para os Caminhoneiros/Boiadeiros. Chegou ao fim a luta daqueles que transportam animais vivos, agora não há mais necessidade do irmão caminhoneiro...carreteiro correr da polícia como se fossem "os fora da lei", vencemos a batalha e de quebra proporcionamos o bem estar animal, e para mim como vereador e defensor da classe, é motivo de muito orgulho partir daqui de Iturama um pedido que hoje se transformou em Lei Federal e que ira amparar todos os estados da esfera brasileira. Hoje é dia de muita alegria e agradecimento a todos que engajaram nesta luta e principalmente ao Dep. Federal Zé Silva autor do projeto", comemora Paulinho Dias

Luiz Paulo Dias de Freitas (Paulinho Dias) vereador de Iturama/MG (Triângulo Mineiro), juntamente com o Presidente da Associação dos Caminhoneiros e Carreteiros de Iturama e Região,  Odenirio Candido Martins (Neguinho do Xingú) apresentaram em 2016 a demanda ao Dep. Federal Zé Silva (Solidariedade - MG) que de pronto acatou o pedido e o transformou em Projeto de Lei, (PL6392/16).

O conteúdo do projeto visava modificar a altura máxima dos veículos (carretas) utilizados no transporte de carga viva de 4,4 metros para 4,7 metros, pois a altura de 4,4 metros foi considerada pelos pecuaristas, sindicatos de trabalhadores rodoviários, caminhoneiros e carreteiros insuficientes para deixar bovinos e eqüinos em um ambiente seguro, pois além de acarretar prejuízos como multas, causava lesões e muita das vezes até a morte dos animais.

Em nota divulgada pelo deputado federal e ex-presidente da Emater-MG,  Zé Zilva, o projeto estava em andamento desde 2016 junto ao Congresso Nacional. 

"Congratulamos com nossos amigos caminhoneiros/boiadeiros, com as entidades representativas do setor, com o amigo vereador de Iturama Paulinho Dias, por apresentar essa demanda ao nosso gabinete e contribuir com conteúdo técnico, laudos e presença nas audiências públicas e audiências com o Ministro Tarcísio de Freitas e com o Diretor do Denatran Jerry Adriane Dias", disse Zé Silva 

Confira na integra a matéria do Canal Rural 

O Ministério da Infraestrutura, por meio do Conselho Nacional de Trânsito, publicou nesta quinta-feira, 12, a deliberação n º177, que modifica para 4,70 metros a altura máxima de veículos que transportam animais vivos. A medida também dispensa a emissão de Autorização Especial de Trânsito (AET). Além disso, o transportador será responsável por certificar-se previamente de que a altura do veículo indicado no caput é compatível com a infraestrutura viária do trajeto a ser percorrido

Em nota divulgada pelo deputado federal e ex-presidente da Emater-MG,  Zé Zilva, o projeto estava em andamento desde 2016 junto ao Congresso Nacional. ” Na época, apresentamos o Projeto de Lei 6392/2016 para este fim, mas em decorrência da intensidade dos relatos de maus tratos ocasionados aos animais devido a baixa altura das carretas, buscamos solução urgente atuando junto ao Ministro da Infraestrutura e Denatran”, diz.

“Era nosso dever assegurar que o transporte de bovinos se dê em condições que evitem o sofrimento desnecessário e a ocorrência de ferimentos nesses animais”, afirmou o deputado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias