Terça, 10 de dezembro de 2019
34 9 9697-4985
Cidades

24/11/2019 às 16h30 - atualizada em 24/11/2019 às 16h49

13

Redacao

Iturama / MG

Após utilizar nome de outra pessoa por 30 anos, homem é preso em Frutal
utor foi acusado de ser mandante de um homicídio e decidiu usar nome de ex-funcionário
Após utilizar nome de outra pessoa por 30 anos, homem é preso em Frutal

Um homem, de idade não divulgada, portava documentos falsificados há mais de 30 anos na cidade de Frutal (MG). O nome era de um ex-funcionário da propriedade rural do autor. Ele foi preso em flagrante, nesta sexta-feira (22).

De acordo com a Polícia Civil, o verdadeiro dono do nome já havia sido identificado morando na cidade de Guarulhos (SP), onde testes de digitais comprovaram a identidade. Ele informou à polícia que nesses 30 anos sofreu diversos prejuízos em razão da duplicidade de nome.


Segundo a PC, o criminoso relatou que havia sido preso em Matelândia (PR) por ter sido suposto mandante de um homicídio. Ao sair da prisão, ele conseguiu a certidão de nascimento original do funcionário que qual trabalhava com serviços gerais. E se mudou para Goiás, onde conseguiu emitir há mais de 30 anos novos documentos originais, como RG, CPF, CNH, título de eleitor, carteira de trabalho e certificado de alistamento militar, em nome do trabalhador.

FONTE: JM Online

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium