Quarta, 13 de novembro de 2019
34 9 9697-4985
Cidades

10/10/2019 às 18h42 - atualizada em 14/10/2019 às 11h52

352

Redacao

Iturama / MG

Ha quatro semanas obras do novo presídio de Iturama são retomadas
.
Ha quatro semanas obras do novo presídio de Iturama são retomadas

Foram retomadas nesta semana as obras do novo presídio de Iturama, que terá capacidade para 388 vagas. Segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), o serviço foi retomado com 30% já feito depois de 11 meses de paralisação por falta de recurso.


A expectativa é que a nova unidade seja entregue até o final de 2020.


De acordo com a pasta, o prédio vai ocupar uma área de 7 mil metros quadrados de área construída e terá quatro guaritas para a proteção dos blocos internos, além dos módulos de área administrativa, setor de revista, guarda externa, casa de gás, Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), entre outros.


O investimento é de cerca de R$ 25 milhões de recursos externos, com contrapartida do Governo Estadual.


Primeiro censo prisional aponta inconsistências cadastrais e superlotação no Triângulo e Alto Paranaíba


A construção da unidade prisional em Iturama foi anunciada em 2012


Na época, o investimento anunciado era de R$ 18 milhões e a entrega estava prevista para maio de 2016.


Além de Iturama, também foram retomadas as obras do novo presídio de Ubá, na Zona da Mata, que também terá capacidade para 388 vagas. A Sejusp informou a conclusão das duas obras soma 776 novas vagas para o sistema prisional mineiro, que estão entre as 2.500 previstas para serem entregues até o final de 2020 por meio de uma política de expansão do sistema prisional, que contempla ampliações de unidades já existentes e construção de novas edificações.


O objetivo é ampliar a oferta de vagas e reduzir o impacto da superlotação no ambiente prisional. "A criação das novas vagas é importante para ressocializar os presos que estão conosco. Eles vão voltar para a sociedade e é importante que estejam recuperados", comentou o secretário de Justiça e Segurança Pública, general Mario Araujo.


Avaliação de unidades em MG


Neste ano, a equipe técnica da Sejusp e o secretário Mario Araujo têm percorrido as unidades prisionais de Minas Gerais para conhecer as realidades locais, avaliar pontos de melhorias e potencializar o trabalho de custódia e ressocialização dos internos e de prevenção à criminalidade.


A comitiva percorre todas as instalações físicas, verificando a estrutura da unidade e conversando com agentes e internos. Depois, o general Araújo e a equipe dão um feedback para a direção, apontando eventuais gargalos e indicando soluções, projetos e pontos de melhoria a serem incluídos na rotina de trabalho.


Na última semana, a equipe esteve em Uberaba, onde visitou o Centro Socioeducativo (Cseur) e a Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira.


Em relação ao Cseur, a Sejusp confirmou que já foi licitada a construção de um novo bloco na unidade e que aguarda a finalização dos trâmites de disponibilização da verba para que as datas de início das obras sejam formalizadas.


Na penitenciária, de acordo com a Sejusp, o secretário elogiou a prática do sistema de videoconferências utilizado para a realização de audiências tanto com a Justiça Federal quanto com a Estadual, além de boas práticas que já refletiram no consumo consciente de água e economia para os cofres públicos.

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium