Terça, 15 de outubro de 2019
34 9 9697-4985
Educação

01/10/2019 às 16h43 - atualizada em 01/10/2019 às 19h31

51

Redacao

Iturama / MG

MG irá aderir ao programa do MEC e terá duas escolas cívico-militares
.
MG irá aderir ao programa do MEC e terá duas escolas cívico-militares

A Secretaria de Estado e Educação (SEE) de Minas Gerais anunciou nesta sexta-feira (27) que vai aderir ao programa de escolas cívico-militares, lançado em 5 de setembro pelo Ministério da Educação (MEC). A decisão foi tomada na data limite para uma resposta ao órgão. A princípio, serão duas unidades em todo o estado.


“Minas está aderindo sim. É uma vontade tanto da sociedade como do Parlamento, nesse sentido. A adesão será feita de acordo com os critérios que foram disponibilizados pelo próprio MEC”, disse a secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, Julia Sant'Anna.


O anuncio foi feito durante o lançamento da segunda etapa do Programa de Revitalização das Escolas Estaduais “Mãos à Obra”, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.


O governo federal prevê a implementação de 216 estabelecimentos de ensino com o perfil cívico-militar até 2023 (serão 54 por ano). As escolas indicadas receberão o projeto em formato piloto já no primeiro semestre letivo de 2020.


Ao receber o documento, a secretaria vai analisar quais escolas atendem ao perfil para indicá-las ao programa. O recurso destinado a esses estabelecimentos devem ser decisivos na opção pela adesão. Serão R$ 54 milhões por ano, que totaliza R$ 1 milhão por escola. De acordo com o MEC, a escola cívico-militar “é um modelo desenvolvido para promover a melhoria na qualidade da educação básica do país”.


As escolas cívico-militares mineiras devem ser instituídas em Belo Horizonte e na Região Metropolitana, porém a secretária de Educação ainda não finalizou a escolha.


O modelo vai abranger três áreas. A didático-pedagógica vai contar com atividades de supervisão escolar e psicopedagogia para melhorar o processo de ensino-aprendizagem, preservando as atribuições exclusivas dos professores. A educacional pretende, segundo o ministério, “fortalecer os valores humanos, éticos e morais bem como incentivar a formação integral como cidadão e promover a sensação de pertencimento no ambiente escolar”. A área administrativa vai aprimorar a infraestrutura e a organização da escola para melhorar o uso de recursos disponíveis na unidade escolar. Na educacional e na administrativa haverá a participação dos militares.

FONTE: Estado de Minas

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium